Articulação com Ministério da Saúde

Publicado em 19-03-2020

A Direção Nacional da ATARP fez chegar hoje ao Ministério da Saúde novo ofício a reiterar a disponibilidade da ATARP para trabalhar em conjunto.

Reiteramos que enquanto profissionais de saúde, os Técnicos de Radiologia, de Medicina Nuclear e de Radioterapia sabem que estão na linha da frente desta batalha e que serão sem sombra de dúvida elementos fundamentais para o combate a esta pandemia quer para a manutenção dos serviços mínimos e fundamentais para a saúde de todos os portugueses.

 

Pese toda a importância dos profissionais da área da Radiologia, na primeira linha de diagnóstico, reiteramos também a importância dos profissionais e das áreas da Medicina Nuclear e Radioterapia, no que concerne situações urgentes/prementes de serem diagnosticadas ou tratadas, nomeadamente de doentes oncológicos, traumas graves, cardiologia de intervenção entre outros cujos procedimentos não são passíveis de adiamento.

 

Reforçamos questões relacionadas com:

- Equipamentos de Proteção Individual (EPI);

- Alerta para a necessidade de criar sistema rotativa de equipas;

- Necessidade de contratação célere de mais profissionais.

 

Informamos também das iniciativas da ATARP relacionadas com o levantamento de necessidades e disponibilidade de equipamentos portáteis bem como da criação de bolsa de voluntariado.

 

#atarpcontracovid

Articulação com Ministério da Saúde

voltar