Reunião com MInistério da Saúde

Publicado em 21-03-2020

Em resposta ao ofício enviado ao Ministério da Saúde na passada quinta-feira, dia 19 de março, a Direção da ATARP reuniu hoje por vídeo-conferência com o Senhor Secretário de Estado da Saúde, Dr. António Lacerda Sales.

Com base na informação previamente enviada (em ofício) a Direção da ATARP reforçou os seguintes pontos:

1. Disponibilidade para trabalhar diretamente com o Ministério da Saúde na busca de soluções e estratégias para um Sistema de Saúde mais forte, eficiente e com mais e melhores garantias de segurança para os profissionais e doentes. Alertamos também, face aos profissionais que representamos, estando estes na linha da frente, no combate à Pandemia por COVID-19, como tal devem ser considerados profissionais de risco.

2. Preocupação pela carência de Equipamentos Portáteis de Aquisição de Imagem para fazer face aos planos de contingência à COVID-19, nomeadamente para exames nas áreas de isolamento:

a. Partilhámos dados mais recentes do levantamento que levou a cabo junto dos serviços, do número de equipamentos disponíveis e do número de equipamentos necessários;

b. Partilhámos também dados da auscultação aos Fornecedores de Equipamentos;

3. Alerta para a necessidade de dotar os serviços e os profissionais das áreas que representamos de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) adequadas a uma segura prestação de cuidados, relembrando que estes serviços e profissionais não poderão, em momento algum, deixar de exercer a prática clínica por forma a não comprometer o movimento assistencial a doentes e situações clínicas urgentes/emergentes;

4. Necessidade de definir e clarifica estratégias para a rotatividade das equipas na prestação de cuidados, otimizando a capacidade de resposta dos serviços e profissionais;

5. Importância de aumentar a celeridade para a contratação de mais profissionais, garantido a capacidade de resposta, anteriormente referida;

6. Lembramos ainda a Bolsa de voluntariado criada e a disponibilidade dos profissionais em fazer parte da solução;

 

Por sua vez, do lado do Ministério, o Senhor Secretário de Estado valorizou e agradeceu mais uma vez a postura de proatividade e disponibilidade da ATARP e o empenho e entrega dos profissionais que representamos, adiantando o seguinte::

1. Foram esta semana adquiridas mais dois milhões de máscaras e 150 mil EPI;

2. A distribuição de mais material passar-se-á a fazer todas as semanas, centrada das Administrações Regionais de Saúde por forma a garantir uma chegada equitativa de material em conformidade com a análise de necessidades de cada instituição;

3. Foi saudada a iniciativa dos levantamentos que a Direção da ATARP levou a cabo tendo sido solicitados os dados relativos a esses mesmos levantamentos


Porque tanto Direção da ATARP como o Ministério da Saúde (o Senhor Secretário de Estado pediu-me para transmitir isto aos associados e profissionais) estão em perfeita harmonia nestes dois pontos, partilhamos as seguintes notas finais:


NOTA 1:

Infelizmente nunca disporemos de recursos ilimitados, e porventura nem isso chegaria para resolver tudo de forma mais célere, pelo que apelamos a uma correta e otimizada utilização dos EPI, lembrando que deve ser tratado igual o que é igual e diferente o que é diferente.

Devemos, em âmbito das equipas multidisciplinares nas quais nos integramos, proceder a uma correta análise, validação e utilização das ferramentas ao nosso dispor, nomeadamente aquelas que, na sua ausência, colocarão em causa a segurança dos próprios profissionais.


NOTA 2:

Ser profissional de saúde não é, nunca foi e nunca será fácil.

É com enorme honra e orgulho que vemos Técnicos de Radiologia, Técnicos de Medicina Nuclear e Técnicos de Radioterapia, colegas e amigos, a enfrentarem a situação atual com um elevado profissionalismo e altruísmo.

A todos vocês, a todos os colegas com quem partilham turnos, equipamentos, corredores, mas sobretudo emoções e sentimentos, vontade de lutar e mais ainda de vencer, a Direção da ATARP endereça um ENORME MUITO OBRIGADO.

 

A Direção da ATARP

Reunião com MInistério da Saúde

voltar